Movendo Atitudes

Calendário de Eventos

Maio 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    

Projetos que Movem

1 Tonelada de Maracatu

Audiovisual

1 Tonelada de Maracatu

Zona Leste - 22 de Novembro 2012
1 Tonelada de Maracatu

O projeto uma Tonelada de Maracatu tem por objetivo a produção de um documentário que valoriza o Maracatu enquanto cultura popular, de modo a manter vivo dentro das pessoas sua origem e sua força nas comunidades da cidade de São Paulo. O projeto foi desenhado pelo diretor e proponente Rodrigo Dias e conta com o apoio do Programa de Valorização de Iniciativas Culturais, o VAI, edital da prefeitura paulistana.

A equipe Escambo Filmes, formada pelo grupo responsável em produzir o documentário, já visitou diversos grupos de maracatu, nas diferentes regiões de São Paulo, inclusive da região metropolitana, como a cidade de Embú. Entre os grupos que já gravaram suas entrevistas estão Baque das Ondas, Cangarussu, Arrastão do Beco, Quilombaque, Bloco de Pedra e Mucambos. Rodrigo contou ao Movendo Atitudes, que houve um processo de seleção antes de iniciarem as entrevistas. Foi feito um mapeamento de grupos que realizavam atividades com foco no maracatu e suas regiões de atuação, para em seguida selecionar aqueles que efetivamente participariam do documentário. Segundo a equipe do coletivo, a receptividade dos grupos tem sido muito positiva.

O objetivo era fazer um documentário a nível Brasil, mas como surgiu a oportunidade do VAI, o grupo resolveu focar na cobertura local. Rodrigo se diz fã de Maracatu, apesar de nunca ter tocado, por falta de tempo, mas isso explica seu desejo e do grupo por desenvolver esse projeto. Ele já teve a oportunidade de ir para Recife, beber da fonte, conhecer mais profundamente as raízes dessa arte que mexe com as pessoas.

A equipe Uma Tonelada de Maracatu acredita que no impacto positivo para os grupos que estão participando do documentário, seja do ponto de vista da divulgação de seus trabalhos ou mesmo pelo fato de manter viva e fortalecer a cultura popular. Pensando no próprio coletivo, Rodrigo fala de sua própria experiência, pois está iniciando na área cinematográfica e o projeto está permitindo esse maior envolvimento, trata-se de uma experiência e um material que entrará para seu portfólio. Para o grupo como um todo, é uma oportunidade de se envolver com tudo o que se refere a produção cultural, além de ser uma maneira de crescerem culturalmente, a cada pesquisa.

O universo dos projetos culturais trás diversas oportunidades, conforme apontamos acima, mas também há dificuldades, desafios a serem superados. Nesse sentido, Rodrigo destacou dois pontos ao Movendo Atitudes, a questão de conseguir autorizações para filmar em certos locais, pois uma obra cinematográfica necessita de autorizações e o fator tempo, que é algo que precisa ter o cuidado do grupo.

Para concluir essa cobertura, solicitamos que Rodrigo, em nome de toda equipe Uma Tonelada de Maracatu, desse alguma dica para quem quer iniciar na área cultural, ou desenvolver um projeto como o deles. Ele foi enfático “precisa estudar, trabalhar com a linguagem, desenvolver um trabalho que não seja só pra si, mas que agregue para outras pessoas também”.
Fique ligado, em breve divulgaremos o lançamento do documentário!

Voltar

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or