Movendo Atitudes

Calendário de Eventos

Dezembro 2019
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Artigos

Encontro com Conceição Evaristo

Acontece no Meio

Encontro com Conceição Evaristo

Zona Sul - 07 de Março 2015
Encontro com Conceição Evaristo

Imprimir tessitura poética em uma ficção sobre as vivências da população afro-brasileira. Este é o norte literário da escritora mineira Conceição Evaristo. No próximo dia 7 de março, a partir das 14h, ela participa do projeto Encontro Marcado na Biblioteca, realizado pelo Museu Afro Brasil, Instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Logo após a conversa com o público, a escritora lança o livro de contos Olhos d’água (Pallas Editora, R$ 25).

Conceição Evaristo irá conversar a respeito de sua trajetória, de sua produção literária e de seu processo de produção. “Desde 2013, o evento tem como objetivo promover o diálogo entre os visitantes do Museu e escritores, jornalistas e pesquisadores que se dedicam a investigar, registrar, divulgar e conhecer mais profundamente nossa história e nossa memória a partir da perspectiva do negro”, afirma Neide de Almeida, coordenadora de Educação do Museu Afro Brasil.

Com edições trimestrais, o projeto é realizado em parceria com a Biblioteca Carolina Maria de Jesus. Os interessados devem se inscrever via: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


LANÇAMENTO DE “OLHOS D’ÁGUA”

Após o encontro, Conceição Evaristo lança o livro de contos Olhos d’água. Mestra em Literatura Brasileira pela PUC-RJ, e doutora em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense, Conceição Evaristo é filha de uma lavadeira que mantinha um diário sobre seu cotidiano, assim como a escritora Carolina Maria de Jesus. Seus livros abordam temas como a discriminação racial de gênero e de classe. Seu romance Ponciá Vicêncio foi traduzido para o inglês e publicado nos Estados Unidos em 2007. A escritora também realiza assessoria e consultoria em assuntos afro-brasileiros, literatura, educação e gênero.

Em Olhos d’água Conceição Evaristo ajusta o foco de seu interesse na população afro-brasileira abordando, sem meias palavras, a pobreza e a violência urbana que a acometem. Os contos apresentam uma significativa galeria de mulheres: Ana Davenga, a mendiga Duzu-Querença, Natalina, Luamanda, Cida, a menina Zaíta. Serão todas a mesma mulher, captada e recriada no caleidoscópio da literatura em variados instantâneos da vida? Elas diferem em idade e em conjunturas de experiências, mas compartilham da mesma vida de ferro, equilibrando-se na “frágil vara” que, lemos no conto “O Cooper de Cida”, é a “corda bamba do tempo”.

Em Olhos d’água estão presentes mães, muitas mães. E também filhas, avós, amantes, homens e mulheres – todos evocados em seus vínculos e dilemas sociais, sexuais, existenciais, numa pluralidade e vulnerabilidade que constituem a humana condição. Sem quaisquer idealizações, são aqui recriadas com firmeza e talento as duras condições enfrentadas pela comunidade afro-brasileira.

 

Serviço

Encontro Marcado na Biblioteca com escritora Conceição Evaristo
Lançamento do livro Olhos d’água
DIA 7 DE MARÇO, A PARTIR DAS 14h

Fonte: Assessoria de imprensa - Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo

Galeria

Encontro com Conceição Evaristo
Voltar

Comentários (0)

500 caracteres restantes

Cancel or